Tendência em 2019: saiba como fazer uma boa intro

Divulgar a importância das intros em um vídeo

Lá no começo do ano, a intro em produções audiovisuais foi apontada como uma das tendências para os próximos meses. Mas como criar uma abertura que vai prender a atenção de quem está assistindo?

Em primeiro lugar, a intro não só dá o tom para o vídeo ou um filme, mas pode virar uma atração à parte – e o profissional que trabalha exclusivamente com isso tem até nome: intromaker.

A abertura do seriado Game of Thrones, por exemplo, já virou um clássico tão grande que só o começo da música já deixa todo mundo arrepiado e em alerta:


A intro dos filmes de Harry Potter também virou um ícone, especialmente pelo modo como foi mudando o seu visual conforme o tema dos filmes foi ficando mais profundo e sombrio.


A abertura da Marvel também é um clássico e, assim como a de Harry, também mudou com o passar do tempo.


A intro também é muito usada por filmmakers que fazem vídeos de eventos e ajuda a criar uma identidade para o produtor, como uma vinheta. Confere aqui algumas dicas que a gente separou para acertar em cheio nessa abertura:

-Em poucos segundos, a intro precisa captar e passar a quem está assistindo a essência do vídeo, filme, clipe musical ou programa. A montagem toda precisa ser pensada para chamar a atenção e provocar emoções que preparem o espectador para o que está por vir. Selecione bem as imagens que vai usar ou a animação que será feita para causar esse efeito.

-Embora precise chamar a atenção, as informações devem ser dispostas de forma harmônica e sem excessos, especialmente se houver texto e muitas cores.

-Cuidado com o tempo: uma boa intro pode ser excelente, mas, se for muito extensa, pode dispersar a atenção de quem está assistindo. Se for uma vinheta de algum programa, o ideal é no máximo 10 segundos. No entanto, há vários casos de abertura de programas com 30 segundos e até mais, como Game of Thrones, por exemplo – mas normalmente é a exceção e não a regra.

-Assim como em qualquer vídeo, a trilha sonora mexe com as emoções, nos faz associar sentimentos a determinada atração e cria um clima. O ideal é que, com a trilha, o espectador já saiba o programa que vem por aí ou de quem é o vídeo que está sendo exibido. Por isso, a música deve ser escolhida com muito cuidado.

-Edite em um bom software, como o Adobe Premiere Pro, DaVinci Resolve ou o After Effects.

A intro também pode ser uma maneira de resumir a história em poucos segundos e fazer quem assiste querer mais. Plataformas de streaming e exibição de vídeos até oferecem a opção “pular abertura”, mas bom mesmo é quando ela é tão boa que dá vontade de assistir inteira – e ainda cantar a música junto!

O CenaZERO é uma plataforma colaborativa que ajuda fotógrafos e produtores a alugar equipamentos fotográficos e audiovisuaislocaçõesveículos e objetos. Esses itens são anunciados por qualquer pessoa do Brasil e os anunciantes recebem o valor de cada diária locada de forma integral e segura.

Entra em contato com a gente por formulário ou pelo contato@cenazero.com.br .

Fonte: Brainstorm Tutoriais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *